Como explicar o que é Bitcoin para um amigo

Por Maurício Armani Lopes

Em uma primeira busca mais técnica sobre Bitcoin, o leitor pode se deparar com conceitos pouco familiares: redes Peer-to-Peer, protocolos de rede, criptografia e muitas mais. O Bitcoin é uma fusão dessas e outras tecnologias que o precederam. A intenção deste artigo é esclarecer alguns desses conceitos, explicar como eles se relacionam e fazer você entender por que o Bitcoin é uma invenção brilhante que atrai cada vez mais adeptos no mundo todo.

A primeira coisa que você tem que entender é que, muito mais que um software rodando nos computadores de milhões de usuários, o Bitcoin é um conjunto de regras que dão vida a um sistema monetário livre via internet.

Continuar lendo

Anúncios

A revolução além-bitcoin

Por Blythe Masters

Distributed Ledger

Em 2015 a tecnologia blockchain evoluiu de um assunto pouco familiar para o mainstream do noticiário financeiro. Uma distinção clara foi estabelecida entre bitcoin e outras criptomoedas, de um lado, e a tecnologia subjacente por trás, o blockchain, de outro (melhor entendida como uma “tecnologia de banco de dados distribuído”). Hoje, praticamente toda grande instituição financeira a está explorando. O que fora saudado como uma grande ameaça disruptiva a esses participantes históricos evoluiu para um facilitador ainda maior para eles. Em 2016 as primeiras aplicações comerciais devem começar a aparecer.

Então, o que é? Uma vez que você retira o alarde e os crimes e acidentes associados às criptomoedas, registros distribuídos são nada mais do que uma forma nova e inteligente de tecnologia de banco de dados. Elas nascem de avanços na Internet, protocolos de código aberto, poder computacional e ciência criptográfica. São compartilhadas, replicadas, possuem bancos de dados transacionais e descentralizados.

Continuar lendo